O segredo para conseguir fazer qualquer coisa

Todos temos uma mudança que gostávamos de fazer na nossa vida.

Seja começar a ir ao ginásio, escrever um livro, aprender a tocar um instrumento ou a cozinhar – há um numero enorme de coisas que gostaríamos de incluir na nossa vida, mas acabamos por não o fazer.

Porquê? Porque parece difícil. Não há tempo. Tentou-se uma vez e não resultou – a guitarra estava desafinada, a sopa estava ensonsa.

“Não tenho jeito para isso”.

 

"Man Made" por C.S. Remedy

O segredo acerca do jeito

Um amigo uma vez disse-me: “Tens muito jeito para escrever, gostava que fosse assim comigo.”

Deixa-me contar-te um segredo: eu, tal como milhões de pessoas que escrevem – muitos dos quais fazem de escrever a sua vida – não tenho jeito para escrever.

A autora Ann Pratchet, uma das mais populares na America do Norte, escreveu uma vez algo deste género:

“Escrever é como agarrar numa borboleta magnifica que está na nossa imaginação, uma divina criatura de sonho. Agarrá-la, e depois arrancar-lhe as asas e pregá-la ao papel, onde ela fica seca e murcha e nós fazemos os possíveis para preservar o máximo da beleza que ela tinha na nossa imaginação, sem nunca o conseguirmos satisfatóriamente. E temos que aprender a nos perdoarmos a nós próprios por isso.”

Escrever é difícil. Fazer exercício é difícil. Pintar é difícil. É preciso dedicar tempo.

Eu escrevo porque me forço a olhar todos os dias para uma folha em branco. Não tenho Internet, telemóvel, playstation ou televisão. Está tudo desligado – na ficha.

São 6 da manhã e não há ninguém com quem falar.

Quando não tens absolutamente mais nada para fazer senão aquilo que é o teu objectivo, o aborrecimento derrota o medo de começar.

 

"Sports Girl" por Jan Willem

Começar e perdoar

É verdade que o mais difícil é começar. Promete a ti mesmo que vais fazer só 10 minutos daquilo que planeaste fazer; verás que passados os 10 minutos é bastante fácil continuar.

Se decides que no teu primeiro dia de ginásio vais ficar lá duas horas e rodar as máquinas todas e ainda fazer uma aula de ciclismo, então estás a planear fracassar.

Mas se decidires que só vais fazer 10 minutos de bicicleta, vais ver que não é assim tão difícil. Até te vai apetecer experimentar uma máquina ou outra depois.

Mas mesmo assim vais fracassar, eventualmente. Todos fracassamos. As pessoas mais bem-sucedidas do mundo fracassam diariamente.

Aprende a perdoar-te. Tal como a Ann Pratchet disse, aquela primeira borboleta fica destroçada, irreconhecível. A segunda não fica muito melhor.

E assim por diante – nós somos os nossos maiores críticos. E ainda bem que assim é.

As grandes pessoas nunca estão satisfeitas com o seu trabalho, e usam isso como incentivo para melhorar todos os dias, não para desistir.

Cada fracasso é um degrau no caminho para o sucesso. Não fiques sentada no primeiro degrau.

 

Cria um hábito

Hábitos são muito difíceis de quebrar. Tu sabes disso. Tu tens um hábito que custaria muito a quebrar.

Toda a gente tem.

A parte que nos costumamos esquecer é que isto vale para os hábitos bons também.

Fazer exercício todos os dias não vai ser sempre um hábito tão difícil de manter.

Se o fizeres todos os dias, sem falha, durante 21 dias, vais ver que no mês seguinte vai custar muito menos. E assim por diante.

Foi assim que comecei a meditar, primeiro com dez minutos por dia durante uma semana, depois com vinte, com trinta…

Começar a fazer algo em pequenas doses, com uma frequência regular, é muito mais fácil e produtivo do que começar a fazer a 200% e desistir de seguida, desmotivado.

Arranja um calendário. Marca os dias em que fizeste aquilo que decidiste fazer. Vê quantos dias seguidos consegues.

Põe de parte um pouco de tempo todos os dias para isso. Perdoa-te pelos teus fracassos. Celebra as pequenas vitórias. Se falhares um dia, não uses isso como desculpa para falhar o próximo.

Passado um mês, mal vais acreditar no que alcançaste.

 

O que queres fazer? Qual é o teu objectivo inalcançado? Partilha nos comentários, compromete-te e incentiva os outros. :)

Etiquetas: , , ,

Deixe o seu comentário